terça-feira, 20 de junho de 2017

Homenagem ao Nascimento de Maria Victória. Minha Filha.

A imagem pode conter: 1 pessoa, bebê e close-up

Dos poemas que escrevi
Por meio da inspiração,
Este é o meu preferido
Pois transmite a emoção
Mais forte e mais feliz
Que tive em meu coração.
*
A benção veio em Maio
De Dois Mil e Dezessete,
Cinco e Quatro da manhã
Descrever a mim compete.
Aquele lindo domingo
Da manhã do Dia Sete.
*
Foi quando Edinete e eu
Obtivemos uma glória,
A qual perpetuo em verso
Também em minha memória.
O nascimento da nossa
Filha Maria Victória.
  *
Ao ouvir o seu chorinho
Comecei me emocionar,
Meus nervos tremeram forte,
Minha voz a tremular.
Tamanha a felicidade
Deu vontade de chorar.
    *
Nasceu linda e radiante,
Como o sol no amanhecer,
Como a estrela cadente
No céu ao escurecer.
A luz que essa bela tem
Faz a lua se esconder.
  *
De olhos claros e meigos,
De rostinho angelical,
Tão frágil, porém não sabe
Todo seu potencial.
Quanto mais eu mimo ela
Vejo o quanto é especial.
   *
De face mimosa e meiga,
Seu jeitinho é tão singelo,
Ela toda é uma fofura,
Seu rostinho muito belo,
Agora também é musa
Dos poemas que eu pincelo.
  *
A sua mãe e você,
Donas do meu coração,
Quanto mais penso em vocês
Rimas me vem de montão.
As musas da minha vida
Que me dão inspiração.
   *
Maria Victória nossa
Filha linda, tão amada.
Quando a tenho em meus braços
Pra mim o mundo é nada.
Pois meu mundo é você
Minha filha adorada.
  *
Eu nunca volto atrás
Minha palavra é mantida,
E enquanto eu for vivo
Garanto filha querida
Que para lhe proteger
Lhe darei a minha vida.
  *
Eu darei tudo de mim
Seja o que preciso for,
E aquilo que eu não puder
Pedirei força ao Senhor
E saúde pra lhe dá
Tudo de bom meu amor.
    *
Filha, você é pra mim
A razão do meu viver,
Ganhou mais sentido à vida
A partir do seu nascer.
E hoje eu nada faço
Sem que eu lembre de você.
    *
Desde meus cordéis escritos
Aos poemas que declamo,
Me inspiro pensando em ti
Na mente seu nome chamo
Filha pra mim tu és tudo
Imensamente te amo.
   *
Vou agradecer a Deus
Por minha vida todinha
Pelas lindas joias que Ele
Concedeu em guarda minha.
Deu-me uma filha princesa
E como esposa uma rainha.

Autor: Roseno Oliveira
20 de Junho de 2017.