quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Disco do Mês de Dezembro: CD – Chico Pedrosa – No meu sertão é assim

CD – Chico Pedrosa – No meu sertão é assim


Colaboração do Mata Sete

“Conheci o Poeta na ‘FLIPORTO’, ‘Feira do Livro de Porto de Galinhas’, em setembro de 2007, junto com outro cabra malassombrado, Felipe Junior de São José do Egito, tambem poeta declamador.

Esquecidos pela mídia global e comercial, mas de inestimável valor cultural e artístico, sem falar na simpatia e na simplicidade inata do nordestino. Alma de artista, coração valente do Pajeú, sertão pernambucano. Merecem atenção dobrada.”
Chico Pedrosa – No meu sertão é assim
2006

01-Dama da noite (Chico Pedrosa)
02-No meu sertão é assim (Chico Pedrosa)
03-Cabeça de matuto (Antonio Henriques Neto)
04-Mulher de ninguém (Chico Pedrosa)
05-Dois espertos na arena (Chico Pedrosa)
06-O rinoceronte (Amazan)
07-Um grito de liberdade (Chico Pedrosa)
08-Brasi cabôco (Zé da Luz)
09-O jejum de Benedito (Chico Pedrosa)
10-Mane Quelé (Chico Pedrosa)
11-Eu, a cama e Nobelina (Zé Laurentino)
12-O barbeiro desastrado (Chico Pedrosa)
13-Filosofia de cabôco (Chico Pedrosa)
14-A poupança de Maria (silvio Granjeiro)
15-Belarmino do tição (Chico Pedrosa)
Para baixar esse disco, clique aqui.
Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Fonte: Forró em Vinil